Um dos concursos mais anunciados para esse ano de 2019 é o da Polícia Civil do Rio de Janeiro, e nessa reportagem iremos falar sobre os cargos de auxiliar e técnico de necropsia, para que possamos sanar todas as suas dúvidas sobre o concurso, a remuneração, a função de cada cargo e muito mais…

 

ÚLTIMO CONCURSO 

 

O último concurso para auxiliar de necropsia foi há 17 anos. O último edital foi publicado em 2002 e foram oferecidas 97 vagas para quem tinha apenas o nível fundamental completo.

A banca organizadora do concurso foi a Fundação de Apoio ao Ensino Pesquisa e Desenvolvimento (Faepol). A seleção foi composta por prova de conhecimentos, prova de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico.

A primeira etapa foi realizada apenas na cidade do Rio de Janeiro. Os candidatos tiveram que responder a 60 questões objetivas, distribuídas da seguinte forma:

  • Noções Básicas de Biologia e Anatomia Humana – 30 questões;
  • Língua Portuguesa – 20 questões;
  • Matemática – 10 questões.

 

SITUAÇÃO ATUAL DO CONCURSO 

 

Data prevista: 2019
Vagas: 980 – 1.000
Cargos: Delegado, Inspetor, Perito Legista, Técnico e Auxiliar de Necropsia
Lotações: Rio de Janeiro
Banca: a definir
Escolaridade: Nível fundamental, médio e superior

 

► ÚLTIMOS EDITAIS POLÍCIA CIENTÍFICA – NECROPSIA RJ

 

Auxiliar de Necropsia – 2002Técnico de Necropsia – 2009

►  AUXILIAR DE NECROPSIA

 

Em 2019, a remuneração dos Auxiliares de Necropsia da PC-RJ é R$4.506,27. Esse valor já inclui o auxílio-alimentação de R$254.

O auxiliar de necropsia é o cargo que exige ensino fundamental completo, de acordo com o último edital e o que faz um auxiliar? Ele é responsável pelas atividades de natureza repetitiva relaciona à remoção, lavagem e asseio dos cadáveres, limpeza e conservação dos necrotérios.

 

Auxiliar de Necropsia

 

►  TÉCNICO DE NECROPSIA

 

Em 2019, a remuneração dos Técnicos de Necropsia da PC-RJ é R$5.227,59.

O técnico em necropsia é responsável pelas atividades de natureza repetitiva relativa à execução de trabalhos operacionais-complementares, na área de anátomo-patologia, como: realização de necropsia e dissecação de cadáveres, com supervisão direta de peritos policiais.

 

Técnico de Necropsia

 

Alguma dúvida ou dificuldade?

Deixe um comentário ou entre em contato através do nosso Whatsapp!

Dúvidas – Whatsapp